Exames descartam caso suspeito de H1N1 em SJB
15/06/2019 | 19h22
Exames descartaram um segundo caso suspeito de H1N1 em São João da Barra. O resultado saiu na última sexta-feira (14). O paciente encontra-se na Santa Casa de Misericórdia do município e seu quadro é estável.
— Mesmo antes de termos em mãos o resultado dos exames, descartando o H1N1, existia a expectativa em relação a não presença da doença nesse paciente, já que a suspeita estava se descaracterizando — explica o secretário municipal de Saúde, José Antônio Paulo Fonseca.
Já a moradora de Atafona, diagnosticada com a doença, teve alta na sexta. A paciente estava internada em um hospital particular na cidade de Campos, desde o dia 28 de maio, um dia após dar entrada na rede municipal de Saúde.
Por ter a recusa de internação da paciente, de 52 anos, no Sistema Único de Saúde (SUS), a secretaria de Saúde de São João da Barra providenciou a internação na unidade particular, arcando com todas as despesas. Desde então, vem prestando toda assistência e acompanhou o período de internação por meio de boletins oficiais. Também foi feita a profilaxia na família.
Compartilhe
Chequinho: Justiça determina bloqueio de R$ 18 milhões de Garotinho e Rosinha
14/06/2019 | 20h09
Os ex-governadores do Rio de Janeiro Anthony Garotinho (sem partido) e Rosinha (Patri) se tornaram réus de novo na Operação Chequinho. O juiz Leonardo Cajueiro, da 2ª Vara Criminal de Campos dos Goytacazes, recebeu a denúncia do Ministério Público e determinou o bloqueio de R$ 18.047.277,00. A decisão, no entanto, indeferiu o pedido de prisão preventiva dos dois. A Garotinho foram impostas medidas cautelares como recolhimento domiciliar no período noturno e nos dias de folga, tornozeleira eletrônica e a proibição de ir a Campos ou a escritórios de representação do município.
O ex-governador já foi condenado em primeira instância em ação penal da Justiça Eleitoral, enquanto Rosinha foi condenada em ação cível-eleitoral do mesmo “escandaloso esquema”, também na Justiça Eleitoral. É a primeira, vez, porém, que o casal é réu por suspeita de crimes apontados pela Chequinho na Justiça comum
O valor bloqueado diz respeito ao que teria sido desviado da prefeitura da cidade no Norte Fluminense entre os meses de julho e dezembro de 2016 — na época, comandada pelo casal: Garotinho era o secretário de Governo da mulher.
O moço é acusado de praticar os crimes de supressão de documento (18.834 vezes), peculato (82.248 vezes) e crime de responsabilidade de prefeito — em conjunto com Rosinha.
Garitinho emite nota
No Facebook, o ex-governador Anthony Garotinho se posicionou sobre o caso. Ele chega a mencionar que o “STF já determinou a suspensão da operação 'Cheque Cidadão' por conta da suspeição do promotor Leandro Manhães”. A informação não é de toda fiel aos fatos. A operação Chequinho continua tendo desdobramentos, inclusive com condenações recentes de aliados do ex-governador. O ministro Ricardo Lewandowski suspendeu o julgamento do recurso de apelação na ação penal que Garotinho é réu. Quanto à suspeição do promotor, foi julgada improcedente. Para Lewandowski, seria oportuno ao menos conhecer o conteúdo do procedimento de investigação criminal instaurado pelo Ministério Público em razão das representações contra o promotor. Confira a íntegra da nota:
Com informações do Extra, Extra (Berenice Seara)
Mais informações na edição deste sábado (15) da Folha da Manhã.
Compartilhe
Açu vai ganhar nova orla até o verão
14/06/2019 | 13h04
Área que vai ganhar passarela e área coberta já recebeu torneio de surf
Área que vai ganhar passarela e área coberta já recebeu torneio de surf / Divulgação
A praia do Açu vai ter um espaço novo para receber moradores e turistas e a previsão é que a urbanização aconteça até o verão. A prefeita Carla Machado (PP) informou que pediu ao Porto do Açu a cessão de uma área entre a divisa da praia com o complexo portuário, que se tornou bastante frequentada nos últimos tempos, sobretudo por quem pratica surf. Neste ano, inclusive, o departamento de Esportes da Prefeitura realizou mais um torneio no local, conhecido como “Pico das Pedras”.
Carla disse que o Porto já sinalizou positivamente para a cessão da área, faltando apenas a formalização. A prefeita informou, ainda, que a intenção é implantar uma passarela, como as construídas em Grussaí e Chapéu de Sol, para facilitar o acesso. Além disso, o local deve ganhar uma área coberta para receber os turistas — e surfistas.
O Porto do Açu confirmou as conversas e informou também que mantém diálogo com quem frequenta o local, por questões de segurança. O pedido da prefeita ao Porto foi para o recuo da cerca na parte sul do complexo.
Compartilhe
Porto do Açu é tema do Folha no Ar desta sexta
13/06/2019 | 20h13
O Folha no Ar 1ª edição, da Folha FM 98,3, recebe nesta sexta-feira (14), às 7h, o gerente de relações institucionais do Porto do Açu, Caio Cunha. Na pauta, questões sobre o desenvolvimento do terminal portuário, novas empresas, geração de empregos, sobretudo para mão de obra local, e as questões relacionadas aos impactos ambientais e responsabilidade social.
Além da transmissão por rádio, também é possível acompanhar a transmissão ao vivo pela página da Folha FM no Facebook (aqui), onde também podem ser enviadas sugestões de perguntas durante o programa ao vivo.
Compartilhe
Audiência pública sobre LDO nesta terça na Câmara de SJB
13/06/2019 | 17h23
A Câmara de São João da Barra vai promover na próxima terça-feira (18), às 9h, no plenário, uma audiência pública para apresentar à população o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2020. “Contamos com a presença do público na audiência, pois essa discussão é muito importante para o futuro do nosso município”, destaca o presidente da Câmara, Aluizio Siqueira (PP).
A LDO é um dos instrumentos de planejamento de que dispõe o município. É ela que vai definir as diretrizes para a elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA). Dentre os seus objetivos, prioridades e metas a serem cumpridas estão: as metas e prioridades da administração municipal; as metas fiscais e dos riscos fiscais; a estrutura dos orçamentos; as diretrizes para a elaboração do orçamento do município; as disposições sobre a dívida pública; as disposições sobre despesas com pessoal e encargos sociais; as disposições sobre alterações na legislação tributária e as disposições gerais.
O projeto de lei foi lido na sessão do dia 11 de junho e encaminhado às comissões de Finanças e Orçamento e Justiça e Redação. Após a audiência, que contará com a presença de um representante do Executivo, será aberto um prazo para a população apresentar sugestões de emendas ao texto.
 
 
Compartilhe
Em CPI, Bacellar quer saber por que GNV em Campos é mais caro
12/06/2019 | 16h30
Na primeira reunião da CPI do Gás na Alerj, nessa terça-feira (11), o deputado Rodrigo Bacellar (SD) firmou posição como relator da comissão. Entre as 15 perguntas que fez, quis saber da presidente da Naturgy, Katia Repsold, por que o GNV em Campos é tão caro. Segundo a diretora, o valor do gás distribuído pela empresa é fixo, mas o preço negociado aos consumidores fica a critério dos postos. A diferença de Campos para Itaboraí, por exemplo, é de R$ 0,80, lembrou ele.
A comissão é presidida pelo deputado Max Lemos (MDB) e tem como membros Jair Bittencourt (PP), Rodrigo Amorim (PSL) e Márcio Canella (MDB). As vagas de suplente ficaram com Dionisio Lins (PP), Bruno Dauaire (PSC), Brazão (Avante) e Val Ceasa (Patri).
Compartilhe
Expobarra volta a ser realizada em SJB depois de sete anos
12/06/2019 | 11h25
Show com Cheiro de Amor na edição de 2012
Show com Cheiro de Amor na edição de 2012 / Foto: Paulo Pinheiro
O Conselho Municipal de Turismo de São João da Barra publicou no Diário Oficial desta quarta-feira (12) o calendário turístico e cultural de 2019. Chama atenção entre as atrações a retomada da Expobarra, exposição agropecuária do município. O evento não era realizado desde 2012, quando a prefeita Carla Machado (PP) estava encerrando o seu segundo mandato no Executivo municipal e entregou, ainda sem concluir, o parque de exposições. A previsão é que a festa aconteça entre 29 de agosto e 1º de setembro.
Em 2013, o ex-prefeito Neco (MDB) alegou queda de receitas para cancelar o evento, que ficou “na geladeira” até agora. Neco, inclusive, passou a contestar as obras do parque de exposições, não retomou as obras e, consequentemente, não utilizou mais o espaço.
Segundo o secretário de Turismo de SJB, Edivaldo Machado, os preparativos para a Expobarra já estão em andamento e a realização está prevista para o parque de exposições, como aconteceu em 2012.
Já Alexandre Magno, secretário municipal de Obras, garantiu que uma revisão será feita no prédio administrativo nas próximas semanas. Alexandre disse ainda que foi exigida a garantia da obra. Desta forma, assegura o secretário, o muro de toda a área do parque de exposições foi reforçado, evitando as constantes quedas que eram registradas. “Acabou aquele mistério de amanhecer pedaço de muro caído”, disse Alexandre, informando, ainda, que as intervenções foram custeadas integralmente pela garantia da obra.
Compartilhe
Solange Almeida, João Lucas & Marcelo e Marcos & Belutti no Circuito Junino de SJB
12/06/2019 | 09h44
A prefeita de São João da Barra, Carla Machado (PP), divulgou na madrugada dessa quarta-feira (12) as atrações que figuram no cenário nacional e que estarão entre os shows do Circuito Junino do município. Na noite dessa terça-feira (11), a Prefeitura também divulgou os shows para as celebrações de Santo Antônio, que abrem o Circuito e acontecem até quinta-feira (13), na sede do município.
Na festa de Santo Antônio, nesta quarta, se apresenta, às 21h, no palco oficial, o grupo Hits do Samba; às 23h, tem show nacional com o cantor Lucas Morato, filho do sambista Péricles, e encerrando a noite, o pagode do grupo Os Mulekes. Na quinta, tem missa, às 18h30, seguida de procissão pelas principais ruas da cidade. A programação prossegue com apresentação da Quadrilha Cepeg, e, encerrando a festa, show com o grupo Os Piratas, às 22 horas.
Já na segunda-feira (17), nas comemorações pelos 169 anos da elevação à categoria de Cidade, a atração da noite será a cantora Solange Almeida. Durante o dia, uma vasta programação acontecerá na sede do município.
Nos festejos do padroeiro São João Batista, que tem uma ampla programação religiosa e cultural, o show em destaque é da dupla João Lucas & Marcelo, no dia 24. Já nas celebrações de São Pedro, que fecham o Circuito, a dupla Marcos & Belutti se apresenta no dia 28.
A programação completa, com shows regionais, deve ser publicada nos próximos dias.
Compartilhe
SJB confirma primeiro caso de H1N1, investiga outro e tem suspeita de meningite
11/06/2019 | 20h35
A Prefeitura de São João da Barra confirmou nesta terça-feira (11) o primeiro caso de H1N1 e apura mais um suspeito, que seria um paciente da sede do município, internado no setor de isolamento da Santa Casa de Misericórdia, seguindo os protocolos do Ministério da Saúde. Também deu entrada na rede um paciente com suspeita de meningite, já transferido para o Hospital Ferreira Machado.
O caso confirmado de H1N1 é de uma paciente de 52 anos, que deu entrada na rede municipal no dia 28 de maio. Ela foi transferida para uma unidade hospitalar particular em Campos, onde exames laboratoriais confirmaram a suspeita.
“Desde as primeiras 24 horas após a apresentação dos sintomas, foi seguido todo o protocolo recomendado pelo Ministério da Saúde, com isolamento, fluxograma para a realização dos exames e remoção para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em uma unidade particular, após negativa do Sistema Único de Saúde (SUS). A paciente, portadora de doença crônica, que a coloca no grupo prioritário e dificulta seu quadro de saúde, não havia sido imunizada contra o H1N1. Seu quadro é estável, com possibilidade de deixar UTI nos próximos dias. Toda assistência vem sendo prestada pela Secretaria Municipal de Saúde, que acompanha os boletins oficiais e realizou profixalixia (imunização) na família”, informou a Prefeitura em nota.
Vale lembrar que o município segue na campanha de vacinação contra gripe, disponibilizando doses para o grupo prioritário até o dia 15 de junho. “A secretaria de Saúde alerta que a principal prevenção contra a doença é a vacina, disponível em 11 unidades em todo município. Seguindo determinação do Governo do Estado, serão imunizadas até o dia 15 de junho – ou até atingir a meta de 90% –, apenas pessoas que estão incluídas no grupo prioritário. Já com 84% do público-alvo imunizado, São João da Barra poderá, portanto, ter a vacinação antecipada para toda população assim que atingir a meta de 90%”, informa nota da secretaria.
No segundo caso suspeito de H1N1, “o estado do paciente é estável e a suspeita está se descaracterizando, podendo ser descartada após o resultado do exame”.
Meningite — No caso de suspeita de meningite, o paciente, que seria da localidade de Barcelos, foi transferido para o Hospital Ferreira Machado, que é referência na região. A Prefeitura de SJB informou apenas que “exames estão sendo feitos para constatar ou não a doença”.
Compartilhe
Impactos no RJ com redistribuição dos royalties apresentados a Toffoli
11/06/2019 | 18h57
Frente em defesa dos produtores de petróleo se encontra com Toffoli
Frente em defesa dos produtores de petróleo se encontra com Toffoli / Fellipe Sampaio/SCO/STF
A Frente Parlamentar em Defesa dos Municípios Produtores de Petróleo, presidida pelo deputado federal Wladimir Garotinho (PSD), se encontrou nesta terça-feira (11) com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli. Na pauta, as preocupações caso a redistribuição dos royalties do petróleo seja aprovada sem uma alternativa de arrecadação para os municípios produtores.
A reunião, solicitada por Wladimir, contou com a mobilização de representantes do Estado do Rio de Janeiro. Estiveram presentes os senadores Flávio Bolsonaro (PSL) e Arolde de Oliveira (PSD), os deputados federais Hugo Leal (PSD), coordenador da bancada fluminense na Câmara dos Deputados, Clarissa Garotinho (Pros), Christino Aureo (PP), Chiquinho Brazão (Avante), e o deputado estadual Luiz Paulo (PSDB), representando a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). A deputada Soraya Santos (PR), que teve uma outra agenda com Toffoli, segundo agenda do presidente do STF, também acabou participando do encontro.
Na reunião, explica o deputado Wladimir Garotinho, os parlamentares entregaram ao presidente do STF o relatório da Agência Nacional do Petróleo (ANP) que mostra que, caso a redistribuição seja aprovada, as receitas do Estado do Rio de Janeiro reduzirão em 40% e a dos municípios, em 80%. “Mostramos que o fundo de previdência do Rio e o acordo de recuperação fiscal são lastreados em royalties, o que pode deixar os inativos e pensionistas sem salário”, afirmou.
Wladimir destacou também que os royalties e participações especiais são compensações devido à retirada do ICMS na origem. “Mostramos em números que a situação do Rio não é apenas de perda de receita e arrecadação, seremos dizimados”, disse. “Não se pode discutir a questão da redistribuição em separado da Reforma Tributária. Nesse contexto, podemos encontrar uma saída dentro do lema do próprio governo: mais Brasil e menos Brasília”, completou.
Julgamento ADI — Toffoli marcou para o dia 20 de novembro o julgamento da liminar concedida pela ministra Cármen Lúcia na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4917, que prevê novas regras dos royalties do petróleo. Estimativa da ANP calculou perdas de R$ 70 bilhões em dez anos apenas para o Rio de Janeiro (Estado e municípios produtores) caso a redistribuição passe no STF.
Compartilhe
Sobre o autor

Arnaldo Neto

[email protected]