Rebelião em presídio de Luziânia deixa agente prisional e 3 detentos mortos
- Atualizado em 11/09/2017 16:28
Rebelião em presídio de Luziânia
Rebelião em presídio de Luziânia / Reprodução
Um grupo de detentos fez uma rebelião, nesta segunda-feira (11), após uma tentativa frustrada de fuga, na Casa de Prisão Provisória (CPP) de Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. Em nota, a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP) informou que um agente prisional e três reeducandos morreram. Eles reivindicavam celeridade nos processos aos quais respondem.
A rebelião começou por volta de 23h30 de domingo (10) e foi controlada nesta manhã, por volta das 9h30. Ainda conforme a SSPAP, a rebelião começou quando presos de uma cela simularam que um dos detentos estava passando mal. Dois agentes entraram para prestar o socorro e foram rendidos. Os dois foram feridos e apenas um deles sobreviveu. O outro chegou a ser socorrido e levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. O órgão informou que os detentos foram mortos pelos próprios colegas.
Participaram das negociações uma advogada da Comissão de Direito Penitenciário da OAB-GO, um promotor de Justiça e um policial do Grupo de Operações Regionais (Gore).
Fonte: G1

ÚLTIMAS NOTÍCIAS